Queijo Coalho : é nordeste , é Brasil !

DSCN1070 (1280x960)

Por Carla Reis

Como boa mineira , adoro queijo, e ainda mais queijo tostado na chapa: me remete à infância quando nas noites em volta do fogão à lenha da casa de minha avó Ana , colocávamos o queijo para derreter na chapa do fogão para comer com pão. Quando penso, consigo sentir o aroma do quejo tostando e o barulhinho do soro desprendendo e evaporando com o calor da chapa quente. Era quase um ritual : uma maravilha!

Em razão disto, hoje não falta na minha geladeira o Queijo Coalho: genuinamente nordestino, o queijo coalho tem destaque entre as iguarias da região, principalmente no estado de Pernambuco , onde acredita-se que teve sua origem. É apropriado para tostar, pois pode ser aquecido e não perde a forma, por isto é muito comercializado como petisco , nas churrascarias e nas praias nordestinas .
O queijo coalho é fabricado com uma tecnologia bem simples , onde os ingredientes principais são leite e coalho. Depois de coalhado o leite , a massa formada é prensada , colocada em formas , novamente prensada  e depois levada para a salmoura . Após a  salga o queijo é embalado. Geralmente o queijo coalho não tem maturação, e sua massa é bem branca com textura borrachenta. Levemente salgado e acidulado, é um queijo meio “sem graça” antes de tostar!
Mas, uma vez tostado, desprende aromas e um sabor marcante e peculiar, sem falar na casquinha crocante com o queijo derretido dentro…

DSCN1090

Existem queijos coalho em vários formatos como redondo, retangular, mas o mais popular atualmente é a versão em espeto (palito) própria para grelhas.

Dica da Queijeira:
Em casa, utilizo uma “sanduicheira” destas simples de fazer mixto, para tostar o queijo coalho em palito. Fica pronto em 4-5 minutinhos, sem nenhum trabalho e o melhor de tudo sem fumaça na cozinha!
Depois é só colocar no pão francês fresquinho e apreciar com uma xícara de café. Imperdível.

DSCN1115 (800x600)DSCN1117 (1024x768)

Nota:
Os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco são considerados
os maiores produtores do queijo de coalho. Órgãos do governo, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae),Centros de pesquisas e Empresários pernambucanos estão lutando pelo reconhecimento do Queijo Coalho como legitimamente brasileiro e, mais especificamente, pernambucano.
Vamos torcer para esta certificação: será mais um orgulho brasileiro!

Anúncios

7 respostas em “Queijo Coalho : é nordeste , é Brasil !

    • Olá Marcelo , obrigada pelo seu contato!
      Apesar da semelhança na aparência , o processo de fabricação do queijo coalho e o Minas são bem diferentes , mas uma das diferenças mais importantes é com relação ao processo de fermentação : o queijo minas padrão , passa por uma fermentação mais intensa ( o que deixa o pH mais baixo ) fazendo com que o queijo derreta totalmente quando aquecido – pode notar que ele é mais azedinho. Já o queijo coalho , tem uma fermentação mais leve , o que permite que o queijo seja gratinado sem perder a sua forma , sem derreter e se desmanchar . Existem ainda outras características no processo que diferem os 2 produtos , mas a fermentação é uma das mais importantes. Espero ter esclarecido sua dúvida!
      Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s