Queijo Coalho : é nordeste , é Brasil !

DSCN1070 (1280x960)

Por Carla Reis

Como boa mineira , adoro queijo, e ainda mais queijo tostado na chapa: me remete à infância quando nas noites em volta do fogão à lenha da casa de minha avó Ana , colocávamos o queijo para derreter na chapa do fogão para comer com pão. Quando penso, consigo sentir o aroma do quejo tostando e o barulhinho do soro desprendendo e evaporando com o calor da chapa quente. Era quase um ritual : uma maravilha!

Em razão disto, hoje não falta na minha geladeira o Queijo Coalho: genuinamente nordestino, o queijo coalho tem destaque entre as iguarias da região, principalmente no estado de Pernambuco , onde acredita-se que teve sua origem. É apropriado para tostar, pois pode ser aquecido e não perde a forma, por isto é muito comercializado como petisco , nas churrascarias e nas praias nordestinas .
O queijo coalho é fabricado com uma tecnologia bem simples , onde os ingredientes principais são leite e coalho. Depois de coalhado o leite , a massa formada é prensada , colocada em formas , novamente prensada  e depois levada para a salmoura . Após a  salga o queijo é embalado. Geralmente o queijo coalho não tem maturação, e sua massa é bem branca com textura borrachenta. Levemente salgado e acidulado, é um queijo meio “sem graça” antes de tostar!
Mas, uma vez tostado, desprende aromas e um sabor marcante e peculiar, sem falar na casquinha crocante com o queijo derretido dentro…

DSCN1090

Existem queijos coalho em vários formatos como redondo, retangular, mas o mais popular atualmente é a versão em espeto (palito) própria para grelhas.

Dica da Queijeira:
Em casa, utilizo uma “sanduicheira” destas simples de fazer mixto, para tostar o queijo coalho em palito. Fica pronto em 4-5 minutinhos, sem nenhum trabalho e o melhor de tudo sem fumaça na cozinha!
Depois é só colocar no pão francês fresquinho e apreciar com uma xícara de café. Imperdível.

DSCN1115 (800x600)DSCN1117 (1024x768)

Nota:
Os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco são considerados
os maiores produtores do queijo de coalho. Órgãos do governo, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae),Centros de pesquisas e Empresários pernambucanos estão lutando pelo reconhecimento do Queijo Coalho como legitimamente brasileiro e, mais especificamente, pernambucano.
Vamos torcer para esta certificação: será mais um orgulho brasileiro!

7 respostas em “Queijo Coalho : é nordeste , é Brasil !

    • Olá Marcelo , obrigada pelo seu contato!
      Apesar da semelhança na aparência , o processo de fabricação do queijo coalho e o Minas são bem diferentes , mas uma das diferenças mais importantes é com relação ao processo de fermentação : o queijo minas padrão , passa por uma fermentação mais intensa ( o que deixa o pH mais baixo ) fazendo com que o queijo derreta totalmente quando aquecido – pode notar que ele é mais azedinho. Já o queijo coalho , tem uma fermentação mais leve , o que permite que o queijo seja gratinado sem perder a sua forma , sem derreter e se desmanchar . Existem ainda outras características no processo que diferem os 2 produtos , mas a fermentação é uma das mais importantes. Espero ter esclarecido sua dúvida!
      Abraços.

Deixe uma resposta para Renata Gorayeb Vargas Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s