Queijo Manchego, o melhor do mundo em 2012

Manchego

Por Renata Curzi

Adoro queijos de sabor complexo, degustá-los é como ter uma orquestra sinfônica dentro da boca. Para mim, o queijo Manchego entra nessa categoria. O seu sabor inicial é adocicado e fresco e evolui para um picante persistente, enquanto derrete completamente na boca… Como se o sabor irresistível não bastasse, é feito com leite de ovelhas e por isso tem uma ótima digestibilidade. Você pode comer à vontade que não vai sentir-se indisposto depois, o que o torna ideal para ser servido em entradas.

Tantas qualidades foram reconhecidas no último World Cheese Award (concurso internacional de queijos no Reino Unido). Um Manchego artesanal foi eleito o melhor queijo do mundo. Concorreram mais de 2700 produtos de 30 países diferentes.

Versões industrializadas do queijo mais famoso da Espanha, produzidas com leite pasteurizado, são encontradas no Brasil, inclusive em um supermercado no bairro onde moro (que perigo!). O precinho não é muito atraente, R$35,00 a fatia de 250g (R$140,00 por Kg). Mas pelo menos não precisamos mais pegar um avião para comprá-lo: antes não achávamos o Manchego em BH, trazíamos de São Paulo.

Um pouco de história

Manchego-2

Só pode ser chamado de Manchego (DOC) o queijo que é feito em algumas cidades de La Mancha, região árida e montanhosa da Espanha, usando o leite proveniente de ovelhas da raça manchega, uma espécie rústica que adaptou-se à região há muitos séculos. A produção do Manchego é muito antiga, Miguel de Cervantes no séc XVI, já o cita entre os alimentos consumidos pelo seu personagem Dom Quixote.

Acompanhamentos

Manchego-1

Na Espanha, o Manchego é servido nas tradicionais tapas, cortado em fatias triangulares, seguindo o formato da cunha e acompanhado de azeitonas e um bom presunto, de preferência um “pata negra”.

Outro acompanhamento tradicional é o membrillo (marmelada). Ainda não experimentei essa mistura, estou curiosa. Se você já provou, poste um comentário contando o que achou.

Anúncios

8 respostas em “Queijo Manchego, o melhor do mundo em 2012

  1. Quando AINDA jovem (há uns 45 anos atrás) comi uma grande porção desse queijo em Maringá, no Paraná (minha cidade). Mas comi MESMO, aliás, me empanturrei e ainda fiquei com vontade de comer mais. Então fiquei sabendo que era feito com leite de ovelha. Vim para o Amazonas e nunca mais pude sentir aquele sabor arrebatador. Mas como sou assumidamente PARMEZÓLATRA, todas as vezes que vou ao Sul só me preocupo em comer (e trazer) parmezão (com “Z” mesmo), provolone. lingüiça guanabara e a incomparável mortadela serrana, fabricada no Frigorífico Central de Maringá. Mas em 2016 este delicioso queijo não me escapa!

    • Alguns sabores trazem grandes recordações em nossa memória.
      Já existem alguns sites que vendem os queijos e entregam a longas distâncias. Podem te ajudar a matar um pouco da saudade do parmesão ai no Amazonas.

  2. De facto este queijo é muito bom, mas quando tiverem oportunidade provêm um autêntico queijo Serra da Estrela, Azeitão, Nisa ou Castelo Branco, tudo “made in Portugal”, vão adorar. Um abraço deste lá da do Atlântico

    • Olá Dulce,
      Sabia que o Serra da Estrela faz muito sucesso aqui no Brasil. É realmente maravilhoso, sem igual!
      O Azeitão é um clássico também. Já experimentei, muito bom.
      Ainda não conheço o Nisa e o Castelo Branco que já vão para minha wish list, rsrs.
      Grande abraço e obrigada pelas sugestões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s