Provolone para petiscar

Por Carla Reis

provolone

O provolone é um dos queijos mais apreciados pelos brasileiros como já falei aqui e hoje eu encontrei um provolone defumado realmente muito bom!

Considero “muito bom, o provolone que foi maturado até ficar picante e que apresenta uma textura macia mais ainda estruturada que você consegue desfiar sem desmanchar ou esfarelar. Adoro quando consigo desfiar os queijos de massa filada, como provolone e mussarela: é uma terapia ficar puxando os fios e comendo sem pressa!

Outro ponto importante para um bom provolone é o ponto da defumação: não é raro encontrar provolones que passaram do ponto e ficam com a crosta seca e com um gosto forte de fumaça.

A defumação deve atuar como coadjuvante para dar a explosão de aromas típica do provolone. É um toque gourmet, não pode jamais mascarar o sabor do queijo.

O petisco

Aproveitei este provolone para fazer um petisco com tomatinhos cerejas, azeite extra virgem e manjericão fresco. É só picar tudo e colocar na tábua com um fio de azeite.

provolone1

Fica muito leve e gostoso: o tomate cereja tem um dulçor que harmoniza muito bem com o sabor picante do parmesão. Usei o manjericão para dar frescor e aroma.

Não necessita adicionar sal, pois o queijo já é salgadinho.

Usei umas fatias de presunto de parma que tinha na geladeira para compor a tábua, mas é opcional.

O provolone é um curinga para acompanhar as cervejas artesanais que encontramos facilmente nas prateleiras dos supermercados. Servi este petisco com uma cerveja de trigo bem gelada e a combinação ficou excelente!

Para incrementar a mesa aproveitei os ingredientes típicos da cozinha italiana e fiz também uns espetinhos caprese  com mussarela de búfala. Um verdadeiro banquete preparado em 10 minutos.

provolone2

Espero que apreciem as sugestões e aproveitem as tardes longas de primavera para reunir os amigos em torno de uma boa mesa com queijos.

Anúncios

4 respostas em “Provolone para petiscar

  1. Boa tarde, Carla! Em primeiro lugar, parabéns pelo blog!! Curti muito!

    Estou indo ao Sul de Minas nesta quarta feira (tenho um imóvel de veraneio em Lambari, próximo a Caxambu e São Lourenço e pretendo visitar Cruzília, mas não gostaria de ficar restrito ao produtor principal de queijos da cidade.

    Alguma dica de produtores locas que seria interessante visitar? Algum conhecido(a) teu já esteve por lá e poderia dar alguma sugestão? Agradeço muito!!! Um beijo pra ti!

    • Oi Marco , estive viajando e não tive como responder seu post. Desculpe!!
      Ia te sugerir visitar Alagoa – próxima a Itamonte e Aiuruoca , que tem uma produção de queijo parmesão artesanal muito interessante.
      Cheguei atrasada na recomendação.

      Carla

      • OI, Carla! Também voltei de viagem hoje. Não tem problema algum, fica a dica para 2016 quando estarei de volta àquela região. Passo sempre por Itamonte e como um queijo bolinha em Pouso Alto! Aiuruoca ainda não conheço, só ouvi falar da cidade por conta de uns “avistamentos” que algumas pessoas juram ter visto. Em Jesuânia, a 5KM de Lambari (que possui a melhor água mineral da região), compro o queijo nozinho de um laticínio local que também faz meia cura e o queijo cabaça.. encomendo e retiro na manhã em que fica pronto, simplesmente delicioso ainda com sabor do leite!

        Obrigado por responder, fico muito agradecido! Estarei acompanhando o blog durante o ano e desde já fique com meus votos de muito sucesso! Bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s