Camembert, um ilustre francês

Por Carla Reis

Crosta branca aveludada, textura cremosa , gosto de champignon…

O Camembert é um dos mais célebres queijos franceses, e é claro um dos meus preferidos .

Conta a história que Marie Harel, esposa de uma fazendeiro da Vila de Camembert na Normandia , deu abrigo em sua casa durante a revolução francesa à um padre fugitivo , que ficou tão grato pela hospitalidade que recebera , que em troca deu a jovem Marie conselhos preciosos sobre a secreta arte dos queijeiros. Estas dicas aliadas a qualidade inigualável do leite produzido naquela região, deu-se origem a esta iguaria, reconhecida em todo o mundo.

Para o queijo Camembert normalmente não existe meio termo: ou ama , ou odeia.

Eu aprendi a amá-lo durante a minha primeira experiência profissional com queijos, em um laticínio pequeno no interior do Sul de Minas Gerais: Laticínios Monte Branco, que hoje não existe mais. Continuar lendo

Como apreciar o queijo Brie

As melhores parcerias do queijo BriePor Renata Curzi

Conhecido como o “Rei dos Queijos”, o Brie ganhou esta fama quando seu parente mais nobre o Brie de Meaux (queijo francês com AOC– denominação de origem controlada) ganhou este título no Congresso de Viena no século XIX. Por ter sido produzido originalmente na região da Île de France, ele também é conhecido como o queijo parisiense.

No Brasil ele vem se popularizando aos poucos. O Brie produzido nacionalmente está em qualquer bom supermercado. Podemos encontrar também alguns importados industrializados. Os artesanais, feitos com leite cru e de sabor mais complexo não são feitos no Brasil e não podem ser importados por causa de nossa legislação sanitária. Então, fica a dica de um programa imperdível na França: experimentar os queijos Brie feitos com leite cru, mas atenção procure na embalagem as referências: “au lait cru” ou ainda AOC.

Características

Queijo Brie

Queijo mais maturado: massa homogênea e macia. Na casca nota-se que o mofo branco não está tão dominante, já é possível observar pontos amarelados.

 

Sua casca branca aveludada é resultado da ação de um fungo, o Penicillium camemberti, que não só dá a sua aparência característica, mas também promove a sua maturação de fora para dentro. Já notaram que o Brie mais jovem tem a massa em torno da casca mais mole e untuosa, enquanto o centro é mais denso? Isso é resultado da ação do mofo. Com o tempo, suas enzimas tornam a textura do queijo mais flexível e o seu sabor mais pronunciado. No final deste processo o sabor é forte e tende ao amoniacal e a massa parece quase derreter.

Qual a fase ideal para consumir? 

IMG_0218

Queijo brie jovem: a massa ainda não é homogênea, observa-se no seu interior um ‘coração’ mais duro e de cor ligeiramente mais pálida. Na casca, o mofo branco forma um veludo ainda bem uniforme.

Continuar lendo

O País do “Comté”

Por Carla Reis

“Le pays du Comté” – assim é conhecida a região montanhosa da França onde o saboroso queijo é fabricado.

Desde que eu estudava sobre queijos finos, um dos que mais despertava minha curiosidade de degustar era o queijo Comté. A primeira foto que vi do Comté , foi na biblioteca da Cândido Tostes em um livro de queijos franceses e a beleza do queijo me encantou.

Sem entender nada do idioma francês e em tempos em que o google ainda era um futuro muito muito distante , entendi somente que aquele era  um queijo produzido com leite cru em uma região específica da França. Mais tarde porém , um francês se juntou a nós na empresa e sempre comentava sobre “o terroir” do Fromage Comté , e de como era célebre e tradicional um Comté na França , despertando ainda mais minha curiosidade em degustar e entender um pouco mais sobre ele.

Desta vez , coincidentemente , passando pelo Boulevard de Montparnasse , me deparei  com uma Feira de Produtos Regionais de Franche-Comté e lá estava o queijo , exposto divinamente para degustação pelos Artesãos do Comté , como se denominam os produtores regionais.

Tive a oportunidade de degustar o produto em várias idades e comprei uma pequena peça ( da foto ) com o produto com a maturação que mais agradou ao me paladar.

Realmente o Comté é um queijo diferenciado , de aromas e sabor muito particular. Só pode ser fabricado na região do Haut Jura na França , com leite de vacas Montbeliárde ou Simental française.

A tradição da produção do Comté , teve início na idade média , pois os invernos rigorosos da região do Continuar lendo