Raclete de Brie e cogumelos para o dia dos namorados

Por Renata Curzi

raclete BrieNada melhor que um prato rápido de se preparar para ter tempo de curtir ainda mais o dia dos namorados. A nossa sugestão fica pronta em 15 minutos e é muito fácil de se fazer. A raclete original Suíça é feita com com batatas cozidas, embutidos, picles e queijo tipo raclete, mas fora de suas origens raclete é quase sinônimo de uma maneira de servir. Ainda bem, porque assim a imaginação pode correr solta e a experiência pode ser muito mais interessante.

Um bom exemplo é utilizar a dobradinha Brie + cogumelo (um clássico, principalmente com champignom fresco). São ingredientes que ficam bons juntos de qualquer jeito (saiba mais), mas adquirem outra energia no ritual da raclete: bebericar o vinho, preparar a sua porção, observar o queijo derretendo, comer e então começar tudo de novo. Por ter uma maturação muito caracterizada pela proteólise (quebra de proteínas), o Brie derrete facilmente e se transforma em um creme que envolve lascivamente os cogumelos.

Garanto que a experiência será etérea se acompanhada de um bom vinho branco, de preferência Chardonnay.

Receita Continuar lendo

Anúncios

Salada Iceberg

Por Renata Curzi

SaladagorgonzolaGanhar um presente pode ter algumas contraindicações, no meu caso, uma vontade danada de ir para a cozinha e fazer um milhão de coisas deliciosas com o quarto de gorgonzola que ganhei. Como moça (rsrs) organizada que sou, já fiz uma lista das receitas que quero fazer. Tudo prático e rápido, do jeito que gosto. Os melhores resultados vou compartilhar aqui com vocês, combinado?

Para começar uma salada clássica, que nos anos 60 estava no menu dos melhores restaurantes e que atualmente é figurinha fácil nas mesas dos ‘casual dinner’ dos EUA. A salada iceberg é mais que uma maneira surpreendente de servir. Parace que nessa forma, em fatias, a alface americana fica ainda mais crocante. Some-se a isso o molho de gorgonzola e o bacon torradinho e juro que você vai se esquecer que o que o está comendo é… salada.

Gorgonzola

Imagine quantas receitas esse queijo vai render…

Receita Continuar lendo

Crostata de batata e queijo taleggio

Por Renata Curzi

FullSizeRender

Compartilho com vocês as gostosuras que estão rendendo as minhas compras no Eataly de São Paulo. Quando escolhi o taleggio, logo pensei em ultilizá-lo em algum prato com batata. Gosto muito dessa combinação. É a minha maneira preferida de consumir os queijos dessa categoria, os de casca lavada mais intensos.

IMG_1859Minha primeira intenção era fazer ‘baked potato’, mas usar um queijo italiano DOC (denominação de origem controlada), comprado no templo do conceito slow food para um prato americano não seria lá muito coerente, rsrs. Por isso dei uma pesquisada rápida e encontrei essa crostata italiana que preencheu todos os meus requisitos para uma boa receita: é rápida, fácil e diferente.

Estou ficando especialista em encontrar esse tipo de receita. Quem olha para a torta pronta, talvez fique um pouco intimidado. Se esse é seu caso, não se acanhe, acredite, é muito fácil. E além disso, a massa fica deliciosamente crocante, o sabor é incrível e ainda vai bem com um bom vinho tinto. Faça a receita e surpreenda seu amor, ou um amigo.


IMG_1861Se você, como a maioria dos brasileiros, não encontra queijos do tipo do taleggio onde mora, acho que uma boa substituição pode ser um canastra meia cura.

Ah, em um próximo post vou falar tudo sobre o taleggio, ok? Fiz o caminho inverso desta vez.

Receita

Rende 4 porções/ Tempo de preparação: massa 15min,  torta 50min

Ingredientes

Massa:

.60g de manteiga gelada e amassada com um garfo

.120g de farinha de trigo

.1 ovo

.2 colheres de sopa de leite

.sal

Recheio

.200g de queijo em cubos

.2 batatas em fatias finas

.150 ml de creme de leite

. sal e pimenta do reino

.salsinha picada

Modo de fazer

 

 

Massa:

. Misture todos os ingredientes com a ponta dos dedos. Enrole emum filme e leve para a geladeira.

Obs: A massa deve ser preparada antecipadamente. A receita pede pelo menos 1 hora, mas acho que o mais certo é de um dia para o outro, porque a consistência é meio mole.

. Forre o fundo de uma forma redonda de 22cm de fundo removível com papel manteiga. Unte a forma.

. Enfarinhe uma superfície seca e abra a massa ainda gelada. Meça a massa aberta com o fundo da forma para que sobre pelo 2 dedos de massa para formar a altura da borda da torta.

.Coloque a massa na forma e asse em forno pré-aquecido a 200ºC por 15 minutos.

Recheio:

.Enquanto a massa está pré-assando, cozinhe as batatas por 5 minutos em água fervente com sal.

.Escorra as batatas e junte os demais ingredientes do recheio.

.Coloque o recheio na massa pré-assada e volte ao forno por mais 15 minutos.

 

Salada de beterraba com ricota de cabra

Por Renata Curzi

Salada de beterraba com queijo de cabra

A beterraba e os queijos de cabra são uma dobradinha clássica. Um casamento feito no céu. O mais usual é essa combinação em saladas, como a nossa sugestão de hoje, mas já vi em sanduíches, risotos, tortas e até em pizza!

Pessoalmente prefiro a salada. Gosto com folhas verdes (usei  agrião), molho de mostarda com mel e algum tipo de castanha ou nozes. O sabor é muito refrescante. Tem o gosto de um bom banho de cachoeira. Perfeita para quando o clima começa a esquentar.

Você pode usar o seu queijo de cabra favorito, sugerimos para os principiantes o Cablanca. Eu utilizei a ricota. Em BH encontro uma muito macia, produzida em Itabirito, feita por um queijeiro muito obstinado, o Sr Onivaldo. Ela é de.li.cio.sa! Recomendo. Já a beterraba, pode entrar de várias maneiras: cozida (como a da foto), crua, ralada ou assada.

Caso você não possua muitos dotes culinários, ou  se estiver na correria, não precisa caprichar na apresentação do prato. Lave e rasgue as folhas, jogue a beterraba e os pedaços de queijo por cima e finalize com o molho ou azeite. Pronto! Vai ficar gostoso do mesmo jeito 😉 .

 Receita

( 2 porções)

Ingredientes

.1 beterraba gande cozida

.4 colheres de sopa de ricota de cabra

. ½ maço de agrião lavado e seco

Molho de mostarda e Mel

Misture os seguintes ingredientes:

.1 colher de sopa de mostarda

.1 colher de sopa de mel

.1 colher de sopa de vinagre de maçã

.3 colheres de sopa de azeite

. Sal e pimenta do reino a gosto

Pirulitos de Parmesão com ervas

Por Renata Curzi    Pirulito de parmesão

Receita facinha, facinha, com poucos ingredientes e com apresentação super diferente. Ótima para agradar os amigos e enfeitar a sua mesa no final de semana.

Só leva parmesão e a erva seca ou natural que você tiver em casa. Eu experimentei orégano fresco, gergelim preto e Kumel. Usei também pólen de Dill, tempero exótico que minha querida amiga e chará Rê trouxe para mim quando foi aos EUA. Todos ficaram muito bons. Dusdeuses.

E o melhor de tudo é que vai muito bem com uma cervejinha gelada!!

Tirei várias fotos do processo de preparo para facilitar a vida de quem quiser se aventurar a fazer a receita. Não tem mistério nenhum.

Ah! O parmesão pode ser substituído por outro queijo duro como pecorino, grana padano, manchego, etc.

Espero que gostem!

Ingredientes Pirulito Parmesão

Pirulito de parmesão 1Pirulito de parmesão 3Pirulito de parmesão 2Receita

Ingredientes (para 1 pirulito)

.1/3 de xícara de queijo parmesão ralado grosso

.Ervas a gosto.

Modo de fazer

Em uma frigideira anti-aderente posicionar um palitinho de churrasco pequeno e as ervas em círculo. Por cima despejar o parmesão. Fritar em fogo baixo. Com auxílio de uma espátula ou colher ir ajeitando o queijo para que ele não se espalhe. Espere esfriar e retire da frigideira.

Pão de queijo: a receita

Por Renata Curzi

No último post contamos aqui qual o melhor queijo para se fazer pão de queijo. Explicamos a teoria com a ajuda do Valdir e da Hélen Sara Spaniol, especialistas no assunto. Só que faltou a receita.

Mais uma vez, recorri a nossos amigos. O Valdir compartilhou com a gente uma receita que usa 2 tipos de polvilho: o azedo, que segundo ele faz aumentar a elasticidade no crescimento, porém deixa o produto mais quebradiço; e o tipo doce que entra para minimizar esse efeito.

Pão de queijo

O resultado é um pãozinho crocante por fora e macio por dentro.Tenho que confessar que nunca havia feito pão de queijo na vida. No entanto fiquei feliz, feliz com a minha produção. É mais fácil de se fazer do que imaginava. Continuar lendo

Figos grelhados com mel e queijo cottage

Por Renata Curzi

O Marco Antônio preparou essa sobremesa para nós quando fizemos a degustação horizontal de queijo Brie (veja aqui ).Sobremesa com figo e cottage

No dia eu não tirei foto do prato, mas repeti a receita aqui em casa um dia à tarde e eu e minha amiga Dani tivemos um lanche delicioso, leve, que satisfaz a vontade de comer doces e ainda tem nutrientes que melhoram o humor- o é figo rico em magnésio e o cottage é excelente fonte de tirosina.

O efeito “alto astral” dessa receita é ainda maior porque ela é hiper fácil de preparar e só suja uma frigideira. Per.fei.ta!!

Substituições

Substituí o queijo brie da receita do Marco por queijo cottage. Outros queijos que funcionam aqui são o mascarpone, os queijos frescos de cabra e até o gorgonzola.

Ah! Quando fiz a receita me esqueci, mas nozes ou lascas de amêndoa caem muito bem nesse prato. Elas realçam os sabores e adicionam certa crocância.

sobremesa com figo e cottage 2G_1522

Essa sobremesa pode ser servida quente ou fria.

 Receita Continuar lendo